Classificação SINAS - explicitação concetual

2012/11/20
A ERS selecionou os indicadores de avaliação que são utilizados no âmbito da dimensão Excelência Clínica do SINAS@Hospitais, tendo em conta a apreciação levada a cabo por um conjunto de peritos nacionais independentes e especialistas na matéria, bem como pelas respetivas sociedades científicas. Estes indicadores, assim como o respetivo modelo de cálculo foram previamente desenvolvidos pelo consórcio Siemens/Joint Commission International - JCI, assentando em evidência científica de elevado rigor e objetividade.
O SINAS não pretende a avaliação de profissionais de saúde, de serviços ou de unidades dentro dos hospitais, mas apenas aferir do cumprimento institucional de guidelines e boas práticas, científica e consensualmente validadas, através do cálculo de indicadores de avaliação selecionados no âmbito de procedimentos e patologias específicos, sendo os resultados apresentados no contexto da área correspondente.
A título de exemplo, na área de Pediatria os resultados referem-se à avaliação da mortalidade e infeções neonatais e do cumprimento de procedimentos nos cuidados prestados a recém-nascidos e a crianças com pneumonia.
Os resultados obtidos no contexto desta avaliação são calculados com base em informação submetida pelos prestadores de cuidados de saúde intervenientes.

 ***
Os estabelecimentos prestadores de cuidados de saúde Centro Hospitalar Trás-os-Montes e Alto Douro, EPE - Hospital Dom Luís I em Peso da Régua, Centro Hospitalar Trás-os-Montes e Alto Douro, EPE - Unidade Hospitalar de Lamego, HPP Hospital de Cascais, Dr. José Almeida e Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano, EPE - Hospital do Litoral Alentejano não obtiveram a estrela relativa ao primeiro nível de avaliação uma vez que não foi possível aferir do cumprimento de todos os requisitos de qualidade exigidos pela ERS, na medida em que os estabelecimentos se encontram ainda em fase de organização/submissão dos dados, ou os dados submetidos foram insuficientes para a realização de inferência estatística.
Os 10 prestadores que optaram por não se submeter à avaliação do SINAS, não tendo enviado quaisquer dados relativos ao período em análise, ficaram classificados como “declinou avaliação”.
 
Rua S. João de Brito, 621 L 32
4100-455 Porto
222 092 350 [NOTA]
fax: 222 092 351
9h - 12h30 / 14h - 17h30
Call-Center: 9h - 17h30