Este site poderá não funcionar corretamente com o Internet Explorer. Saiba mais

Projetos cofinanciados


A ERS, no cumprimento da sua missão, desenvolve inúmeros projetos, alguns dos quais beneficiando de financiamentos de base comunitária, como é o caso dos que se apresentam nesta página.



Comportamento preditivo na saúde

Objetivos

  • Criação de processo automático para extração de informação de reclamações através de métodos de inteligência artificial, nomeadamente análise de linguagem natural para automatizar a criação de informação estruturada;
  • Aplicação de métodos de Inteligência artificial para a melhoria da operação interna através da criação de modelos de aprendizagem automática para classificação automática de reclamações e comunicações relacionadas (tipo de comunicação, prioridade, tema, sub-tema);
  • Criação de modelos de análise de padrões e deteção automática de anomalias (usando inteligência artificial);
  • Disponibilização de ferramentas de exploração dos modelos de inteligência artificial para análise de correlação de dados entre fiscalizações, reclamações, licenciamentos, especialidades, regiões, entre outras relações que possam emergir em fase de análise;
  • Disponibilização de ferramentas de exploração dos modelos de inteligência artificial para análise avançada, incluindo a possibilidade de utilização de dados externos à ERS (exemplos: caracterização da população, …);
  • Criação de sistema de alarmística inteligente que disponibilize alarmes automáticos de acordo com os modelos (exemplo: aconselhamento à realização de determinadas fiscalizações com base em padrões de reclamações e fatores externos).


ERS 2.0


Objetivos

  • Transformação digital da entidade (ERS), visando a redução dos custos de contexto e a qualificação da prestação do serviço público, e induzindo melhorias no seu desempenho.
  • Modernização, automatização e simplificação dos serviços e plataformas de comunicação da ERS, tornando mais fáceis e transparentes as relações com todas as partes interessadas, e permitindo o aumento da eficácia, eficiência, celeridade e transparência e, ainda, uma efetiva interação com os seus públicos-alvo.

Supervisão Baseada no Risco

Objetivos

  • Criar um mecanismo que permita recolher de forma estandardizada, por via eletrónica e periodicamente, a informação necessária para a manutenção de perfis de risco dos prestadores de cuidados de saúde;
  • Criar um sistema de informação capaz de gerar e identificar perfis de risco;
  • Disponibilizar vistas analíticas, dashboards e notificações que, em função da informação recebida e dos perfis definidos, evidenciem automaticamente situações que potencialmente requeiram atenção por parte da reguladora;
  • Disponibilizar workflows que constituam resposta imediata e eficaz a processos de inspeção ou verificação.